FANDOM


Neste artigo constam as supostas contradições do Evangelho segundo João de acordo com o site cético A Bíblia do Cético Comentada bem como suas respectivas refutações.

Jesus é Deus?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

Quem trouxe Jesus dos mortos?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

É bem provável que o cético não conhece a doutrina da Trindade. Dizer que Jesus e Deus ressuscitou Jesus dentre os mortos é a mesma coisa, só que em perspectivas diferentes: no momento em que Deus ressuscitou Jesus de entre os mortos, isso automaticamente significa que Ele próprio trouxe a si mesmo de lá. A diferença é que, quando se fala a palavra "Deus", é-se mais específico, uma vez que toda a Trindade estava envolvida na ressurreição de Jesus; quando só se fala em Jesus, provavelmente há o desejo dos apóstolos em ressaltar o Seu poder, já que falar que Deus o ressuscitou poderia "enfraquecer" a visão do Messias sob palavras tais quais "Então Jesus não era tão poderoso assim, já que teve que o Pai ressuscitá-lo, não ele".

Jesus batizou alguém?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

Há, aparentemente, uma tentativa de manipulação nesta afirmação, e isso porque a resposta está justamente em Jo 4:1.

Resumindo, a situação presente é a mesma quando se fala que "o general fulano venceu uma guerra"; no entanto, quem a realmente venceu foi seus soldados; conforme o caso, ele sequer puxou um gatilho, mas levou as honras. Da mesma forma Jesus foi inicialmente cotado como o responsável pelo batismo, mas, de uma forma mais específica, não era ele mesmo quem batizava, mas seus discípulos.

Jesus julgará as pessoas?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

A incompreensão jaz no tempo sobre as quais as afirmações bíblicas estão fixadas: no presente e no futuro.

Como está muito bem afirmado em Jo 3:16, Jesus veio à Terra não para julgar o mundo (tal qual um juiz), mas para trazer a salvação (como seu Salvador). Assim, quando Jesus estava na Terra e durante o período em que passamos, Jesus não julga a ninguém, cumprindo apenas a função de Salvador. No entanto, Deus [Pai] já outorgou o título de Juiz a Jesus para o Dia do Senhor, o momento em que os povos do Universo serão julgados. Lá, sim, Jesus não estará mais cumprindo a sua função de Salvador uma vez que o período de ser ou não ser salvo já terá acabado, mas, como Juiz, julgará a todos e definirá quem irá para o lago de fogo ou para a Nova Jerusalém.

Além, as passagens de "julgar" mencionados primeiramente estão se referindo a julgamente em tribunal (no Fim dos Tempos, no caso), enquanto que os versículos mencionados após refere-se a um julgamento pessoal, tal qual uma pessoa que, vendo o estilo de se vestir da outra, julga-a como cafona, desprezível.

Se Jesus testifica a ele próprio, o testemunho dele é verdadeiro?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

É possível perder a graça de Deus?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

Quem enviou o Espírito Santo?Edit

Argumento Edit

  • Jesus enviou o Espírito Santo. [Jo 15:26]
  • O pai de Jesus enviou o Espírito Santo. [Jo 14:26]

Avaliação Edit

Jesus contou tudo aos seus discípulos?Edit

Argumento Edit

  • Jesus contou tudo aos seus discípulos. [Jo 15:15]
  • Algumas coisas Jesus não contou a eles. [Jo 16:12]

Avaliação Edit

Aqui o autor simplesmente ignorou o que está sendo dito:

  • "Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer."
- Jo 15:15[1]

A outra passagem é:

  • "Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;"
- Jo 16:12[1]

No primeiro caso, Jesus não afirmou que "contou tudo", mas segundo aquilo que ele "ouviu do Pai". Por exemplo, Jesus afirmou que não sabia quando ia se dar o Fim dos Tempos, pois o Pai havia tomado isso como conhecimento de sua exclusiva autoridade; esse é exemplo de uma coisa que Jesus não ouviu do Pai e, portanto, não contou aos seus discípulos. Já a passagem seguinte não afirma que Jesus não contou tudo a seus discípulos, mas que o que tinha que contar, eles não podiam suportar naquele momento, o que infere implicitamente que Jesus contou em outro momento.

Não há contradição.

Pedro perguntou a Jesus onde ele ia?Edit

Argumento Edit

Avaliação Edit

Momentos diferentes.

Notas

Referências

  1. 1.0 1.1 Segundo a versão bíblica Almeida Revista e Atualizada


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.