FANDOM


Mais sobre este artigo:
Filme logo1 Vídeos selecionados

       O problema do mal injusto é uma versão do problema do mal que afirma haver males que ocorrem injustamente na vida dos seres humanos, e que tais males constituem evidência ou prova de que Deus não existe.

AvaliaçãoEdit

Esta versão do problema é ineficaz pelos mesmos motivos básicos das outras versões:

  • pressupõe a existência objetiva do mal sem fundamentá-lo, ignorando que para isto é necessário pressupôr que Deus existe;
  • a existência de qualquer mal é reconciliável com a existência de Deus pressupondo que haja uma razão moral suficiente para o qual Deus permite cada mal em específico ocorrer (sendo que tal razão moral suficiente flui naturalmente de quem Deus é).

Esta versão, todavia, possui a peculiaridade de afirmar que há males injustos. Todavia, tal alegação, é, na prática, indenfensável, pois a ausência de aparência de justiça num mal não implica em real injustiça no mesmo e, em segundo lugar, de acordo com o Cristianismo ortodoxo todos são pecadores desde que nascemos e há evidências empíricas de que o ser humano já nasce predispoto ao mal.

ReferênciasEdit



Argumentos sobre a existência de Deus
Argumentos para o Teísmo
Argumentos contra o Teísmo

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.