Fandom

Teonis Wiki

Argumento ontológico de Spinoza

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

O argumento ontológico de Spinoza consiste em pelo menos duas versões do argumento ontológico criadas pelo filósofo Baruch Spinoza. Apesar de Spinoza acreditar num Deus panteísta, ambas as versões são aparentemente aplicáveis ao Deus do teísmo clássico.

Versões Edit

A primeira versão pode ser resumida da seguinte maneira:[1]

  1. Deve haver uma causa para tudo, ou para sua existência ou para sua inexistência.
  2. Um Ser Necessário (Deus) existe necessariamente, a não ser que haja uma causa adequada para explicar por que ele não existe.
  3. Não há causa adequada para explicar por que um Ser Necessário não existe.
    1. Essa causa teria de estar ou dentro da natureza de Deus ou fora dela.
    2. Mas nenhuma causa fora de um Existente necessário poderia anulá-lo.
    3. E nada dentro de um Existente necessário poderia anulá-lo, pois nada dentro de um Ser Necessário pode negar que é um Ser Necessário.
    4. Logo, não há causa adequada para exiplicar por que um Ser Necessário não existe.
  4. Logo, um Ser Necessário existe necessariamente.

Já a segunda versão, elaborada em resposta a uma de suas críticas, pode ser resumida da seguinte maneira:[1]

  1. Algo existe necessariamente. Para negar isso, a pessoa teria de afirmar que pelo menos uma coisa existe, a saber, ela mesma.
  2. Essa Existência necessária é finita ou infinita.
  3. É possível que essa existência necessária seja infinita.
  4. Deve haver uma causa para que não seja uma existência infinita.
  5. Nenhuma existência finita pode impedir que exista uma Existência infinita e dizer que uma Existência infinita impede sua própria existência infinita é contraditório.
  6. Logo, deve haver uma Existência infinita (Deus).

Avaliação Edit

Ambas as versões de Spinoza foram geralmente rejeitadas pela comunidade filosófica por serem passíveis de uma série de críticas.[1][2]

Referências

  1. 1.0 1.1 1.2 Geisler, Norman. Enciclopédia de Apologética: Repostas aos críticos da fé cristã (em <Língua não reconhecida>). [S.l.]: Vida Acadêmica, 2002. p. 657. ISBN 0801021510.
  2. Geisler, Norman. Enciclopédia de Apologética: Repostas aos críticos da fé cristã (em <Língua não reconhecida>). [S.l.]: Vida Acadêmica, 2002. p. 658. ISBN 0801021510.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.