FANDOM


Mais sobre este artigo:
Filme logo1 Vídeos selecionados

O argumento com base no predicamento humano (ou simplesmente argumento do precidamento humano) consiste numa meditação acerca da situação da vida humana caso Deus não exista em termos de propósito, sentido ou valor objetivos, que leva à conclusão de que é impossível viver-se coerentemente e feliz sem acreditar-se em Deus e na imortalidade, o que leva à conclusão de que, mesmo que alguém não veja boas razões para crer que Deus e a vida eterna existam, ele deve assumir e crer em ambos para que possa viver coerentemente feliz.

Este argumento normalmente é raramente defendido tendo como um exemplo de seus poucos defensores o filósofo cristão Phil Fernandes que o utilizou em seu debate sobre a existência de Deus com Jeffrey Jay Lowder.

Avaliação Edit

O argumento do predicamento humano possui algumas falhas suficientes para ser rejeitado. Ao alegar que, sem Deus, não haverá propósito, sentido ou valor objetivos, a única maneira de se justificar uma conclusão teísta seria caso a existência destas coisas fosse demonstrável. Neste caso, um silogismo válido poderia ser defendido:

  1. Se Deus não existe, então a vida não possui propósito, sentido ou valor objetivos.
  2. A vida possui propósito, sentido e valor objetivos.
  3. Logo, Deus existe.

O problema é conseguir defender a segunda premissa sem precisar pressupôr a existência de Deus: não parece haver nenhuma maneira de se saber se a segunda premissa é verdadeira à parte do conhecimento da existência de Deus. Se isso for verdade, então o argumento, na prática, acabaria por incorrer em raciocínio circular e seria inútil. A consideração de Fernandes[fonte?] aqui parece ser a de que, de alguma forma, faz-se necessário ou "queremos" acreditar na segunda premissa para podermos ter uma vida feliz, posicionamento a partir do qual se concluiria que a única forma de sermos felizes seria caso o teísmo fosse verdadeiro. Essa alternativa, como reconhece o filósofo e teólogo William Lane Craig,[fonte?] ele mesmo um conhecido defensor da primeira premissa,[fonte?] é naturalmente irrazoável; é simplesmente improcedente defender a segunda premissa com base no simples desejo de ser feliz

Referências



Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.