Fandom

Teonis Wiki

Argumento do Criador Perfeito

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

O argumento do criador perfeito é um argumento contra a existência de Deus que defende que um criador perfeito para o universo não pode existir. Uma versão do argumento do design pobre, ele pode ser esquematizado da seguinte maneira:[1][2]

  1. Se Deus existe, então ele é perfeito.
  2. Se Deus existe, então ele é o criador do universo.
  3. Se um ser é perfeito, então tudo o que ele criar precisa ser perfeito.
  4. Mas o universo não é perfeito.
  5. Logo, é impossível que um ser perfeito seja o criador do universo.
  6. Assim, é impossível que Deus exista.

Avaliação Edit

Esse argumento possui uma série de problemas. Inicialmente e de menor importância, ele confunde "perfeição" com "infalibilidade". Essa distinção leva a uma revisão no argumento:

  1. Se Deus existe, então ele é o criador do universo.
  2. Se Deus existe, então ele é infalível.
  3. Tudo o que um ser infalível faz não contém defeitos. Isso inclui atos de criação.
  4. Logo, uma coisa com defeitos não pode ter sido feita por um ser infalível.
  5. O universo contém defeitos.
  6. Logo, o universo não pode ter sido feito por um ser infalível.
  7. Logo, Deus não pode ter sido o criador do universo.
  8. Logo, Deus não existe.

Mesmo considerando essa versão aprimorada, o argumento ainda contém alguns erros. Por exemplo, ele negligencia a diferença entre "cometer um erro" e "fazer algo contendo um erro" ou defeito quando se trata de um agente dotado de livre-arbítrio: é perfeitamente plausível que um ser dotado de livre-arbítrio, como Deus, venha a desejar criar uma coisa contendo defeitos. Segue disso que o simples fato de algo conter defeitos não implica em não ter sido criado por um ser infalível: é necessário mostrar que tal ser não desejava criar tais imperfeições e, sem o seu consentimento, elas vieram a existir. Outro erro do argumento é considerar o fator temporal: é possível que algo tenha sido criado sem defeitos mas, por conta do passar do tempo, tenha vindo a adquiri-los. Segue disso que é necessário mostrar não simplesmente que o universo possui defeitos hoje, mas que ele continha defeitos já no seu estado inicial. Por fim, o argumento é inteiramente questionável quanto à avaliação dos alegados defeitos presentes no universo: podendo ser avaliados de forma completamente subjetiva utilizando-se métricas questionáveis de avaliação, é plausível supôr que aquilo que um ser humano avaliador consideraria um defeito não o seria considerado por Deus. Por consequência é necessário mostrar que, para uma determinada característica do universo, Deus a consideraria defeituosa.

Referências

  1. Stenger, Victor. Hoe Science Shows that God Doesn't Exist - Summary (em inglês).
  2. Drange "Incompatible-Properties" 1998, reprinted in Martin and Monnier 2003, pp. 185-97.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.