FANDOM


Mais sobre este artigo:
Filme logo1 Vídeos selecionados

O argumento das verdades imutáveis é um argumento para a existência de Deus que pode ser resumido da seguinte maneira:[1]

  1. Minha mente entende algumas verdades imutáveis.
  2. Mas minha mente não é imutável.
  3. Uma mente mutável não pode ser a base de verdades imutáveis.
  4. Logo, deve haver uma Mente Imutável (Deus).

Neste argumento, "verdades imutáveis" subentendem-se verdades tais como "7 + 3 = 10". Entre seus defensores, encontram-se Agostinho. Outra forma de dispô-lo seria:

  1. Há algumas verdades (ideias) necessárias e imutáveis.
  2. Mas uma mente finita, tal como a minha, não é imutável.
  3. Uma verdade imutável não pode ser baseada numa mente mutável e finita.
  4. Logo, deve existir uma Mente infinita e imutável (Deus) que é a base para todas as verdades imutáveis.

Referências

  1. Geisler, Norman; Paul D. Feinberg. Introdução à Filosofia: Uma perspectiva cristã (em <Língua não reconhecida>). 2º. ed. [S.l.]: Vida Nova, 1996. p. 209. ISBN 9788527501422.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.