Fandom

Teonis Wiki

Argumento da onisciência versus necessidade de orações

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

O argumento da onisciência versus necessidade de orações é um argumento contra a validade das orações e, por consequência, de todas as religiões que pregam a eficácia da mesma tais como o Cristianismo e o Islã. O argumento afirma, em essência, que se Deus é onisciente e por consequência sabe quais são os pensamentos humanos, então "não há a necessidade de se tentar transmiti-los a Ele já que Deus já sabe quais eles são".[1] O argumento pode ser resumido da seguinte maneira:

  1. Se Deus existe, então ele é onisciente.
  2. Um ser onisciente sabe todas as coisas, inclusive os pensamentos e, por consequência, os desejos, agradecimentos e arrependimentos dos seres humanos.
  3. Não há a necessidade de tentar informar a um ser onisciente qualquer coisa, pois ele já sabe tudo.
  4. A oração consiste na tentativa de informar a Deus desejos, agradecimentos e arrependimentos dos seres humanos.
  5. Logo, não há a necessidade de orar.

O argumento falha no entendimento que manifesta acerca da oração: a mesma não é apenas uma forma de comunicação, mas pressupõe relacionamento entre duas pessoas. Dessa maneira, ainda que a necessidade de "transmissão de informação" fosse inexistente, de maneira alguma que o fator comunicativo da mesma se perde. Uma analogia que pode ser feita é com a de uma pessoa envolvida num relacionamento amoroso e que não deixaria de dizer "eu te amo!" para o parceiro apenas por saber que este já está ciente disso.[2]

Longe da capacidade de Deus saber os pensamentos humanos através da sua onisciência, é justamente com essa que Deus pode não apenas ouvir as orações dos seres humanos mesmo quando são proferidas apenas mentalmente.[2]

Referências

  1. William L. Craig (08 de fevereiro de 2015). What Is the Point of Prayer? (em inglês). ReasonableFaith.org. Página visitada em 09 de fevereiro de 2015. "God either can read our thoughts or he cannot. If he can read our thoughts, there is surely no need to try to transmit or broadcast them to him as he already knows what they are. (...) It doesn't matter what type of prayer it is (eg petition, thanksgiving, repentance), there is no point in making any effort to send it up to him."
  2. 2.0 2.1 William L. Craig (08 de fevereiro de 2015). What Is the Point of Prayer? (em inglês). ReasonableFaith.org. Página visitada em 09 de fevereiro de 2015.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.