Fandom

Teonis Wiki

Argumento da onisciência versus eficiência de orações

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

O argumento da onisciência versus eficiência de orações é um argumento contra a validade das orações e, por consequência, de todas as religiões que pregam a eficácia da mesma tais como o Cristianismo e o Islã. O argumento afirma que se Deus é onisciente e por consequência sabe quais são os pensamentos humanos, então a mesma torna-se totalmente ineficiente já que, em sabendo todas as informações que poderiam ser passadas a Ele, Deus já sabe o que seria melhor a fazer acerca das questões em relevância de maneira que a oração não poderia influenciar as Suas decisões.[1] O argumento pode ser resumido da seguinte maneira:

  1. Se Deus existe, então ele é onisciente.
  2. Um ser onisciente sabe todas as coisas, inclusive os pensamentos dos seres humanos.
  3. Logo, um ser onisciente sabe todas as informações que poderiam ser informadas a Ele bem como o melhor a ser feito com tais informações.
  4. Logo, uma tentativa de informar a Deus alguns dos pensamentos humanos não poderia influenciar em Suas decisões.
  5. A oração consiste na tentativa de informar a Deus alguns dos pensamentos dos seres humanos.
  6. Logo, orar não influencia as decisões de Deus.

Este argumento utiliza-se de um raciocínio similar àquele utilizado nas críticas entre a relação da presciência divina e o livre-arbítrio ao considerar o conhecimento de Deus como necessariamente independente das ações humanas - a oração neste caso. O problema é que não há razão alguma para pensar dessa maneira; o argumento não considera a possibilidade de Deus tomar as orações (ou sua ausência) em consideração no seu planejamento providencial do mundo. Nessa perspectiva, as orações não são "tentativas de mudar a mente de Deus" na base de convencimento, mas é Deus quem leva as orações em consideração ao escolher qual mundo irá tornar real.[2]


Referências

  1. William L. Craig (08 de fevereiro de 2015). What Is the Point of Prayer? (em inglês). ReasonableFaith.org. Página visitada em 09 de fevereiro de 2015. "omniscience makes the concept of prayer all the more redundant as it means God already knows any information that might be communicated to him, and exactly what the best thing is to do about it, so prayer could not in any way influence his decisions."
  2. William L. Craig (08 de fevereiro de 2015). What Is the Point of Prayer? (em inglês). ReasonableFaith.org. Página visitada em 09 de fevereiro de 2015.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.