Fandom

Teonis Wiki

Argumento cosmológico para o ateísmo de Quentin Smith

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

O argumento cosmológico segundo Quentin Smith é um argumento cosmológico contra a existência de Deus formulado pelo filósofo ateu Quentin Smith. Ele pode ser resumido da seguinte maneira:[1]

  1. Se Deus existe e há um estado mais antigo do universo, então Deus criou aquele estado mais antigo do universo.
  2. Deus é onisciente, onipotente e perfeitamente benevolente.
  3. Um universo com vida é melhor do que um universo que não contém vida.
  4. Logo, se Deus criou um universo então o estado mais antigo do universo precisa ou conter vida ou garantir que a vida iria eventualmente surgir.
  5. Há um estado mais antigo do universo e ele é a singularidade do Big Bang.
  6. As condições do estado mais antigo do universo (temperatura infinita, curvatura infinita e densidade infinita) eram hostis à vida.
  7. A singularidade do Big Bang é inerentemente imprevisível e sem lei e, consequentemente, não há nenhuma garantia de que ele iria produzir um universo onde vida poderia emergir.
  8. Logo, não há garantia de que o estado mais antigo do universo irá produzir um universo onde vida pode surgir.
  9. Logo, Deus não poderia ter criado o estado mais antigo do universo.
  10. Logo, Deus não existe.

Referências

  1. Jason (09 December, 2009). An Atheistic Argument from the Big Bang (em inglês). Página visitada em 2 de janeiro de 2012.


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.