FANDOM


Mais sobre este artigo:
Filme logo1 Vídeos selecionados

O argumento cosmológico da impossibilidade de criação de coisas inexistentes é um argumento cosmológico ateísta que pode ser resumido da seguinte maneira:[1]

  1. Nada que existe pode causar alguma coisa que não existe a começar a existir.
  2. Dado (1), tudo que começa a existir não foi causado a isso por algo que existe.
  3. O universo começou a existir.
  4. Dado (2) e (3), o universo não foi causado a existir por qualquer coisa que exista.
  5. Deus causou o universo a começar a existir.
  6. Dado (4) e (5), Deus não existe.

Avaliação Edit

O argumento é ruim por vários motivos. Sobre ele, o filósofo e teólogo William Lane Craig escreveu:[1]

(P1) parece assumir que há coisas que não existem, algo que a maioria dos filósofos considerariam um absurdo. Então é trivialmente verdade que nenhuma coisa existente pode causar uma coisa não existente a começar a existir, uma vez que não há nenhuma coisa não existente. (Se você acha que realmente há coisas não existentes, então (P1) não é mais claramente verdadeira. Por que uma coisa existente não poderia causar uma dessas coisas não existentes a começar a existir? Mas então (P2) não segue de (P1). Porque coisas que começam a existir não são coisas não existentes que se tornaram existentes.

Se é para seguir de (P1), (P2) requere uma interpretação diferente de (P1): nada pode causar algo que existe mas anteriormente não existia a começar a existir. O problema é que essa afirmação é patentemente falsa. Eu, por exemplo, comecei a existir. Acaso eu fiz isso sem uma causa? De acordo com (P2) tudo o que começa a existir simplesmente aparece em ser sem causa. Não apenas isso é patentemente falso, mas acreditar nisso faria a ciência e a própria vida impossível. Sem necessidade de aprender sobre os pássaros e as abelhas! (...)

Mas fica ainda pior! Pois (P5) é tido como sendo verdadeiro! Assim o argumento conclui que Deus é um objeto não existente que causou o universo a começar a existir De fato, se nós devêssemos evitar a conclusão acima que tudo que começa a existir sem uma causa, parece que temos que dizer que tudo o que começa a existir é causado à existir por objetos não existentes.

Referências

  1. 1.0 1.1 ReasonableFaith (29 de abril de 2011). Another Hopelessly Bad Objection (em inglês). Facebook. Página visitada em 1 de maio de 2011. Nota: página precisa de conta no Facebook para ser visualizada. Cópia em vídeo aqui.


Argumentos contra o Teísmo


Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.