Fandom

Teonis Wiki

!Notícias gerais/Outubro de 2009

< !Notícias gerais

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

Este é o artigo para notícias do mundo teonista de outubro de 2009.

Notícias Edit

2
  • Hominídeos: Novo suposto ancestral humano encontrado na atual Etiópia datado em 4.4 milhões de anos é a mais nova descoberta no ramo da Evolução (na prática, a mais nova a ser publicada). Palavras de Martin Bittencourt: "Descobriu-se uma montoeria de ossinhos, dataram, acharam parecido. Puf! Nosso ancestral!".
- Fontes: (em inglês) Discovery Channel, notícia no China Daily incluíndo o desenho representativo de todo o esqueleto, EthioGuardian.com com desenho computadorizado do crânio.
15
  • Índia: O pastor Vijay Kumar é atacado e fica gravemente ferido na cidade de Ludhiana, em Punjab.
- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui
16
  • Paquistão: A estudante Nadia Iftikhar, de 11 anos, foi agredida por sua professora com uma vara de bambu por afirmar ser paquistanesa e cristã, após sua professora ter proferido que "paquistaneses são muçulmanos".
- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui.
26
  • Irã: Maryam Rostampour e Marzieh Amirizadeh Esmaeilabad foram presas no dia 5 de março. As moças, que dividiam um apartamento, eram ex-muçulmanas. Elas foram detidas na prisão Evin em Teerã, acusadas de “propagar a fé cristã” e “apostasia”. No dia 7 de outubro, elas foram inocentadas da acusação de “realizar atividades contra o Estado”. No domingo, 9 de agosto, Maryam e Marzieh se apresentaram diante do promotor público, Sr. Haddad, que lhes perguntou se elas iriam negar sua fé e retornar para o islamismo. Apesar da grande pressão sobre elas, ambas declararam que não iriam negar a Cristo. Então, Haddad as enviou de volta para a prisão para “que pudessem pensar sobre o assunto” e voltarem quando estivessem prontas para renunciar ao cristianismo.
- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui.
30
  • Somáilia: Integrantes do grupo islâmico relativamente "moderado" Suna Waljameca mataram Amina Muse Ali, 45, no dia 19 de outubro, em sua residência em Galkayo, na região autônoma de Puntland, segundo uma fonte local. Amina disse aos líderes cristãos que havia recebido diversas ameaças de integrantes do Suna Waljameca por não usar véu, um símbolo do islamismo. Ela disse que os membros do grupo estavam monitorando seus movimentos porque suspeitavam que ela era cristã.
- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.