Fandom

Teonis Wiki

!Notícias gerais/Novembro de 2009

< !Notícias gerais

976pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

Esta é a página para notícias do mundo teonista do período de novembro de 2009

Notícias Edit

13
  • Uganda: No dia 1 de novembro, cerca de 40 extremistas muçulmanos armados com facões e porretes tentaram invadir o culto de domingo na capital de Uganda, Kampala, deixando um membro da congregação com diversos ferimentos e danificando o templo.

A polícia chegou e interrompeu a agressão, mas os policiais não prenderam ninguém.

"Relatamos o acontecido para a delegacia central, e ficamos surpresos ao ver que nada foi feito. Até agora, ninguém foi preso por causa dessa desordem. É como se a polícia não estivesse preocupada com nossa segurança", disse o pastor Henry Zaake. Muitos cristãos estão com medo, e podemos observar uma queda na frequência da igreja no culto de domingo, que caiu de 250 para 100 pessoas.

- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui.
16
  • Iraque: Um adolescente cristão de 16 anos foi assassinado na porta de sua casa em Mosul, na vizinhança de Tahrir. O garoto, Rami Katchik, pertence à comunidade armênia.

Desde 2008, até os dias de hoje, a comunidade cristã em Mosul tem sido vítima de ataques, que causaram mais de 40 mortes. Milhares fugiram da cidade no norte do país. Uma matéria publicada pela Human Rights Watch em 10 de novembro, afirma que os cristãos e as minorias que moram nas regiões do norte do Iraque são vítimas de conflitos entre os árabes e curdos pelo controle da província.

- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional: veja a notícia completa aqui.
17
  • Internacional: A Portas Abertas Internacional (ODI) e mais de 100 ONGs de mais de 20 países assinaram uma declaração protestando contra a aprovação da resolução. A preocupação é que essa resolução seja usada para justificar leis antiblasfêmia e anticonversão e para restringir liberdade de expressão, credo e imprensa.

A declaração foi liberada oficialmente na terça-feira, 10 de novembro de 2009:

Uma declaração da Sociedade Civil sobre o conceito da "Difamação das Religiões"

Cquote1 As resoluções da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a “difamação das religiões” são incompatíveis com a liberdade dos indivíduos de exercitarem e expressarem seus pensamentos, ideias e crenças.

Ao contrário das leis comuns de difamação, que punem falsas declarações de fatos que prejudicam os indivíduos, as medidas para proibir a “difamação das religiões” punem a crítica pacífica das ideias. O conceito de “difamação das religiões” é fundamentalmente inconsistente com os princípios universais propostos nos documentos de fundação da ONU, incluindo a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que garante a proteção dos direitos do indivíduo acima da proteção das ideias.

Tais resoluções dão apoio internacional para leis locais contra blasfêmia e “ferem os sentimentos religiosos”, que são frequentemente utilizados pelo governo para punir a expressão de ideias e convicções religiosas e políticas das classes desfavorecidas. Além disso, já existem ferramentas legais internacionais sobre a discriminação e difamação pessoal, focadas em confrontar esses problemas específicos, sem ameaçar os direitos de expressão e liberdade de pensamento, consciência e religião.

É extremamente importante que o governo combata a violência motivada pelo preconceito e pelo ódio, e encoraje o discurso e o diálogo civilizados, enquanto garante que a liberdade de expressão, pensamento, consciência e religião seja completa para o bem da sociedade e pela dignidade do ser humano.

Finalmente, somente os esforços legais não podem criar um ambiente de respeito e liberdade religiosa. A diplomacia educacional e pública são ferramentas essenciais na garantia de troca de ideias pacífica e saudável.

Cquote2
'

Para ver o documento original e conhecer quais ONGs participaram do protesto, acesse o site: http://whatisdefamationofreligion.com (em inglês).

- Fonte: Missão Portas Abertas Internacional..

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.